Notícias Gerais

12 de Setembro de 2017 às 18:06

Diretores do SEEB-CG participam de reunião sobre impactos da reforma trabalhista

Nova Lei

Nesta terça-feira, os diretores do SEEB-CG participaram de uma reunião com o escritório Assunção Advocacia, que presta assessoria jurídica ao sindicato, sobre os impactos da nova lei trabalhista no mundo do trabalho. A discussão foi uma prévia do Seminário Jurídico que acontece na próxima segunda-feira (18) na sede do sindicato.

O advogado Oclécio Assunção Junior participou da reunião e sanou as dúvidas sobre os impactos da nova lei para os bancários e destacou a importância do conhecimento dos prejuízos para os trabalhadores. “Os bancários precisam saber o que está acontecendo com essa mudança na legislação trabalhista já que muitas vezes a grande mídia esconde a realidade do que está acontecendo. Então, é importante que os trabalhadores não se apeguem às informações errôneas que vêm por parte desses meios, eles têm que tirar dúvidas com o jurídico e com os dirigentes sindicais”.

Na reunião, foram discutidos os impactos da terceirização, o fim do descanso semanal remunerado aos sábados, o acordado prevalecer sobre o legislado e o impacto negativo que isso traz para o trabalhador, além da importância da união entre advogados laborais e patronais, sindicatos e Anamatra (Associação Nacional Dos Magistrados da Justiça do Trabalho), bem como sobre a responsabilidade dos trabalhadores terem que arcar com os custos da perícia e com os honorários dos advogados caso percam processos na justiça contra os empregadores.

“A questão da perícia, por exemplo, é um dos direitos afetados. O trabalhador deverá pagar a perícia médica sendo que a própria empresa foi a grande responsável pela doença ocupacional”, completou Assunção.

O presidente do SEEB-CG, Edvaldo Barros, destacou a participação dos diretores nesse debate. “Foi uma reunião da diretoria para tratar dos impactos da nova lei trabalhista através do nosso escritório jurídico, onde a gente teve a oportunidade de debater vários pontos dessa lei. É muito importante que a diretoria do sindicato esteja se informando e tirando dúvidas sobre a reforma”.

Por: Daiana Porto/Martins e Santos Comunicação

Galeria de Fotos

Convênios saiba +

Clube de campo saiba +

Jogos/ Resultadossaiba +

Parceiros